Aprenda a usar a escala cromática na guitarra

Aprenda a usar a escala cromática na guitarra

Para todo músico é essencial aprender todas as ferramentas à disposição para tocar da melhor forma possível. Por isso, nesse artigo vamos falar sobre escala cromática, para que você possa entender como funciona e como inserir a escala cromática para guitarra, quais as notas que formam essa escala.

O que é uma escala cromática

Essa escala na mais é a formação da sequência de um intervalo de semitons que as notas possuem, veja a sequência: semitom-semitom-semitom-semitom, etc. Ou é uma escala de passagem que não é muito melódica, e sim usada para aperfeiçoar suas técnicas como músicas, além de gerar vários exercícios. Dessa forma, pode-se dizer que essa escala possui cerca de 12 notas. Veja essa escala em Dó (C):

 

  • Dó (C), Dó# (C#), Ré (D), Ré#(D#), Mi (E), Fá (F), Fa# (F), Sol (G), Sol# (G), Lá (A), Lá# (A#), Si (B), Dó (C).

 

Como usar a escala cromática na guitarra?

Como mencionamos, essa escala tem cerca de 12 notas, ou seja, possui 12 posições possíveis, em que pode ser tocada a escala cromática guitarra. Dito isso, o principal exercício para os cromatismos é tocar cerca de quatro notas consecutivas em uma mesma corda. A finalidade desse exercício é a repetição em todo o braço da guitarra, deslocando todas as notas de pouco a pouco.

 

Outro método do exercício é deslocando as notas em direção aos agudos de uma mesma corda, iniciando da corda Mi grave até a corda Mi aguda. Depois é só deslocar os dedos, somente uma casa, para os agudos e subir. Você pode tocar desse jeito até a décima e décima primeira casa. Iniciando devagar, depois mais rápido gradualmente.

 

 

Qual o significado de escala cromática?

A termo “Escala Cromática” vem do latim e do grego, respectivamente “scala” e “chroma”. A palavra “Scala” significa Escada, como sabemos, a escada é uma sequência de degraus para que possamos subir e descer de um local para outro. Enquanto que a Escala é um sequencial de notas, que também, como as escadas, podem ser utilizadas para subir e descer de um ponto a outro da música.

 

Já a palavra “chroma” do grego, que significa cor, isso se dá ao fato dessa escala possuir diversas “cores” e 12 tons.

Origem da escala cromática

Essa escala se originou com a finalidade de fazer com que o instrumento soasse afinado em todos os tons ou notas, para isso acontecer, foi necessário a divisão de uma oitava em cerca de 12 partes semelhantes. O sistema denominado “Temperado” que é equilibrado, divide os espaços entre uma oitava acima em 12 semitons, possuindo o mesmo intervalo.

Tom e semitom

O tom pode ter diferentes contextos em uma música, como sinônimo de uma nota musical, ser referência a composição da altura de uma música, usada para determinar uma medida de distância entre as notas de uma música, por exemplo, a distância entre as casas da guitarra, a casa seguinte é um semitom. Veja a imagem:

 

Acidentes musicais

São basicamentes uns símbolos que são utilizados para modificar as alturas dos sons, sendo segmentadas em 5 tipos: sustenido, semitom acima; dobrado sustenido, um tom acima; bemol, semitom abaixo; dobrado bemol, um tom abaixo; e bequadro.

Como localizar as notas da escala cromática na guitarra

Primeiramente para poder encontrar as notas da escala, veja abaixo uma imagem de uma afinação padrão de uma guitarra:

Por exemplo: Se essa escala inicar da nota Mi, teremos a seguinte sequência:

  • Mi (E) – Fá (F) – Fá# (F) – Sol (G) – Sol# (G#) – Lá (A) – Lá# (A#) – Si(B) – Dó (C) – Dó# (C#) – Ré (D) – Ré# (D#)>

 

Se você aplicar essa sequência na corda Mi, você poderá obter todas as notas da escala cromática guitarra em suas casas:

Esse mesmo procedimento e exemplo pode ser inserido em outras notas ou cordas, então, você poderá inserir essa escala cromática para guitarra:

 

Usando a escala cromática em uma improvisação

É importante saber que nessa escala não existe uma determinada tonalidade. Por esse motivo, ao utilizar a escala cromática guitarra acústica em uma improvisação, usa o improviso de diferentes abordagens com relação a outras escalas, o que se torna muito mais interessante, pois utiliza uma variedade de grupos de notas, criando uns efeitos incríveis em solos.

Cromatismo

Esse termo “Cromatismo”, se tornou uma característica para determinar as notas distanciadas por um semitom. É bem comum utilizar o cromatismo em notas de passagem para preencher as lacunas que são deixadas através das notas de uma escala.

 

Confira um exemplo desse inserido em uma escala pentatônica:

 

 

Qual é a diferença entre a escala cromática e a escala diatônica?

A escala diatônica tem serventia para compreensão melhor da teoria musical, as escalas possuem as 7 notas tradicionais de música, que são bastantes conhecidas, são elas: Dó, Ré, Mi, Fá, Sol, Lá, Si, Dó. A escala diatônica é possível ser apresentada seja qual for o tom. Já a cromática é constituída por semitons cromáticos e diatônicos em um mesmo momento, um semitom cromático é o intervalo entre duas notas iguais, enquanto que semitom diatônico é o intervalo entre diferentes de duas notas.

Por que usar a escala cromática?

Para tocar a escala cromática guitarra acústica é algo essencial, faz com que os seus solos possam ter sons muitos melhores, além disso, é importante que todo músico tenha conhecimentos básicos para que possa se aperfeiçoar ainda mais como músico guitarrista, utilizando esse tipo de escala. Para isso, é importante se concentrar para estudar bastante e aprender, tudo quer aprender em teoria, colocar na prática da música.

 

Agora que voce aprendeu a como usar a escala cromatica, Confira nosso curso de guitarra.

Tags: | | | |

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.