Como aprender partitura de guitarra

Como aprender partitura de guitarra

A maioria das pessoas que querem seguir a carreira como músico guitarristas, têm o desejo de entender e aprender sobre teoria musical. A teoria musical é bem ampla e envolve determinadas coisas, incluindo as partituras, se você já é músico guitarrista ou está iniciando na carreira já deve ter se deparado com elas. Afinal você entende a partitura de guitarra? Nesse artigo iremos te apresentar como interpretar, entender e aprender sobre elas.

Como interpretar uma partitura?

 

O grande problema de interpretar, entender ou aprender uma partitura é ver por meio de livros, dado que suas explicações são bem complicadas de se assimilar. Por esse motivo, estamos aqui para te auxiliar nessas questões, é importante interpretar a partitura para que você possa se desenvolver e se aperfeiçoar como músico.

 

As partituras envolvem uma série de ideias harmônicas, rítmicas e melódicas e para que você interpretá-las, é necessário que você decore um som de cada nota representado no papel, é como se fosse uma nova linguagem.

 

Existe uma região que é formada por linhas e espaços, essa região é chamada de Pauta, é o local em que as notas musicais são escritas. Cada uma dessas linhas e cada um desses espaços são utilizados para que você possa representar uma nota musical distinta. Veja a imagem abaixo para entender melhor:

 

Note que nas pautas existem cerca de cinco linhas. Sendo assim, é importante destacar que nas partituras guitarra é possível alcançar outras oitavas. Por exemplo, na imagem acima, as notas Dó e Lá, essas notas estão em suplementar, isto é, estão em linhas extras. Dessa forma, é importante você ver que cada linha e espaço são usados para que possa representar cada nota em uma sequência, importante lembrar que as notas são todas diferentes como visto na figura.

Como entender partituras de guitarra

 

Para entender as partituras de guitarra, é importante lembrar que ao longo dos anos os músicos têm escolhido diferentes posições para as notas nas linhas das pautas.  Por esse motivo, foram inventados símbolos para que se possa sinalizar a nota e a linha de referência, esses símbolos são denominados de claves. A clave sol é mais usada para instrumentos mais agudos como a guitarra, violão, piano, voz, entre outros.

 

Essa clave é se chama assim porque é escrita na segunda linha da pauta, veja na figura abaixo a indicação da clave sol:

 

 

Para que você possa entender as partituras para guitarra, é necessário que você saiba toda a sequência de notas, sem precisar consultar livros ou outros meios.

Como aprender partituras de guitarra

Para aprender as partituras é necessário saber ler elas. Sendo assim, como sabemos em cada linha da pauta existe uma nota, quando tiver uma clave em uma determinada linha é necessário que você toque as notas que correspondem a essa linha.  Veja a figura abaixo, as notas são, respectivamente, E – G – B – D – F (Mi – Sol – Si – Ré – Fá):

 

É importante você memorizar os espaços entre as linhas, afinal, esses espaços entre as linhas também são notas, totalizando cerca de nove notas diferentes. Na figura abaixo mostra, respectivamente as notas F – A – C – E (Fá, Lá, Dó, Mi):

 

Você pode utilizar também as linhas abaixo das cinco linhas, também chamada de pentagrama, essas linhas abaixo (figura abaixo) do pentagrama básico, são conhecidas como linhas complementares. As linhas complementares servem para tocar na guitarra ou qualquer instrumento musical, notas mais graves ou mais agudas.

 

 

É importante que você memorize as notas de cima e de baixo, de acordo com o seu avanço de teoria, por esse motivo, é importante que você trabalhe apenas o básico para ir aprendendo gradativamente uma partitura.

 

Agora que entendeu essa parte, é de suma importância também ler as armaduras, compostas de sustenido, tônico e bemol, que servem para que você possa saber a tonalidade de uma música.

 

É importante que você memorize as armaduras, elas sempre vão está entre o compasso e o pentagrama, composta com a combinação de três símbolos bem alinhados no pentagrama. Como na figura, temos as armaduras na nota Ré.

A nota musical pode ser ajustada, isso depende de onde o símbolo se encontra na linha. Na figura acima tem um sustenido na linha F (Fá) e um espaço C (Dó). O que significa dizer que é possível que tenha algum sustenido em qualquer nota nessas linhas mostradas. Sendo assim, você conseguirá alcançar o tom automaticamente.

 

O compasso é importante para que você possa determinar o ritmo de uma música, o compasso geralmente é composto por cerca de quatro batidas. Isto é, as batidas são contadas normalmente em 1,2,3,4 repetindo várias vezes para acompanhar o tempo de uma música. Nas batidas também existe alternação, mas geralmente para a maioria das músicas é usada as batidas por compasso em 1,2,3,4,1,2,3,4 e assim por diante.  Veja a figura abaixo:

 

 

É importante que você utilize barras verticais no pentagrama para que você possa encontrar o final de cada batida do compasso. Normalmente, nas linhas existem os números do compasso para te ajudar no ritmo da música e para que você possa saber em que compasso você se encontra da música.

 

 

Levando isso em consideração, é importante que você reconheça as distintas notas que existem em um pentagrama e quais os tipos. Quando se coloca uma nota em uma linha ou espaço, mostra para o músico o tipo de nota e o tempo em que deve ser tocada. Como as notas semibreves são tocadas por todo o compasso, as notas mínimas são tocadas por meio compasso e assim sucessivamente.

 

Esses exemplos mostrados servem para tocar em qualquer instrumento musical, pode te ajudar a entender e aprender todas as partituras da música, especialmente, para que você tocar em sua guitarra e se aperfeiçoar ainda mais como músico.

 

Agora que você já sabe como interpretar uma partitura, Confira nosso curso clicando aqui.

Tags: | | |

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.