Como escolher a melhor palheta para guitarra

Como escolher a melhor palheta para guitarra

Muitas das pessoas que iniciam sua trajetória na música e estão aprendendo a tocar guitarra não fazem ideia, porém, a palheta é um item fundamental na hora de fazer um som de qualidade, pois ela afeta diretamente no som emitido pela guitarra. Portanto, deve-se ficar atento a qual palheta para tocar guitarra escolher, analisando se ela é adequada ao som que pretende fazer. Nesse caso, se você ainda não sabe como escolher uma palheta guitarra corretamente para suas necessidades, continue a leitura deste artigo e descubra como encontrar a palheta que fará com que seu som saia perfeito.

O que é a palheta?

A palheta é um pequeno objeto de forma levemente triangular, que é utilizado para pinçar as cordas de um instrumento como guitarra ou violão. Dessa forma, ela produz as vibrações e consequentemente os sons. Através dela é possível alcançar diversos timbres e sons que não seria possível apenas utilizando os dedos. Portanto, a depender de alguns fatores como espessura, tamanho, material, entre outros, o som sairá diferente.

Qual a melhor palheta para guitarra?

Escolher uma palheta para tocar guitarra pode vir a se tornar um problema para aqueles que não possuem conhecimento na área. Existem diversos tipos que variam desde a espessura, tamanho, formato, flexibilidade, entre outros. Além disso, todas essas variações influenciam diretamente no som emitido pelo instrumento, portanto, deve-se escolher corretamente qual usar. Os principais pontos a se levar em consideração na hora da escolha são a flexibilidade e a espessura. Palhetas finas geralmente irão influenciar bastante o solo, haja vista sua flexibilidade, não será possível emitir sons mais encorpados e fortes, sendo possível ouvir o barulho dela em contato com as cordas. Já para músicas que contém mais ritmo, ela é ideal para fazer sons, graças justamente a sua flexibilidade. Já as palhetas mais espessas serão indicadas para solos, pois sua rigidez faz com que o som saia de forma mais forte e encorpada. Assim, temos que a melhor escolha de palheta guitarra irá depender do som que deseja fazer. Se for um som com mais ritmo, a palheta mais fina é o ideal. Já para solos e ritmos como Jazz ou Rock, a palheta espessa é a indicada.

Como escolher a Palheta certa?

Escolher a palheta certa é um trabalho complicado e deve-se levar em consideração alguns pontos para saber qual se adequa melhor ao seu propósito. Por exemplo, a espessura da palheta guitarra, onde variam entre 0,38mm a 3,0mm.

Geralmente, quanto mais fina for a palheta, pior será para tocar solos, pois sua flexibilidade faz com que o som das palhetas possa ser ouvido na hora do contato com a corda, sendo indicadas para tocar músicas com mais ritmo.

Já as palhetas mais grossas são indicadas para músicas onde o solo seja o destaque, proporcionando ênfase às notas e dando tons mais encorpados. Portanto, quanto mais fina for a palheta, mais chances ela terá de se dobrar e interferir no som, enquanto as mais rígidas irão produzir sons como solos muito mais facilmente e sem barulhos advindos do contato da palheta com a corda. Com relação ao tamanho, a questão é bem pessoal, pois não irá interferir no som produzido.

O tamanho se relaciona mais com a firmeza do contato com a palheta e o músico, portanto, quanto maior for a palheta, mais firme será a pegada e menos chances dela escorregar. Para alguns ritmos como o Jazz, é indicado utilizar palhetas menores já que elas proporcionam um som mais baixo e suave.

Outro fator a se atentar é o formato da ponta. Algumas palhetas possuem uma ponta mais arredondada, enquanto outras possuem uma ponta mais triangular e pontuda. A ponta arredondada é indicada para batidas de músicas com mais ritmo, enquanto as palhetas pontudas são indicadas para solos, haja vista ser possível tocar cada corda individualmente de maneira mais fácil.

pós levantados todos esses pontos, o conselho que temos a dar para quem está buscando uma palheta que se adeque ao seu propósito é simplesmente testar. Teste todas as opções possíveis e veja qual delas faz com que seu som saia de forma mais agradável.

Tipos de palhetas

Existem diversos tipos de palhetas, desde palhetas mais finas às mais grossas, palhetas com diferentes formatos de pontas, sendo uma mais pontuda e outra mais arredondada, palhetas maiores e menores e com diferentes tipos de material utilizado na sua fabricação, como por exemplo palhetas de plástico, que são maioria no mercado, onde o som produzido é mais natural e agradável.

Já as palhetas de metal são mais difíceis de encontrar e um pouco mais caras do que o normal. Produzem um som mais estridente e são ideais para solos. Palhetas de pedra existem, no entanto são muito raras e são capazes de produzir um som muito mais estridente do que as palhetas de metal.

As palhetas de madeira produzem um som mais abafado e dependendo de sua forma, podem produzir diversos sons diferentes dos normais. Por fim, as palhetas de vidro também possuem um timbre único, assim como as de madeira, e a depender da forma que foram feitas, proporcionam uma experiência musical única.

Assim, temos uma variada gama de produtos que variam de acordo com a necessidade do músico e com o som que deseja produzir, o que pode diferir de acordo com o tipo de palheta, o tamanho, a espessura, o material utilizado, entre outros.

 

Agora pegue sua palheta e venha conferir nosso curso de guitarra clicando aqui.

Tags: | | |

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.