Tapping de guitarra: o que é e como aplicá-lo

Tapping de guitarra: o que é e como aplicá-lo

Quando o músico utiliza a técnica de martelar com os dedos as cordas da guitarra, a esta damos o nome de tapping.

Em meados dos anos 80, essa técnica estava bastante difundida entre os guitarristas. Contudo, ela já existia e era muito usada por violinistas eruditos do século dezenove.

Não é um método difícil, entretanto, você precisará, antes de executá-lo, dominar dois outros métodos, que são o pull-offs e o hammer-ons.

 

Continue conosco e entenda melhor o que é o tapping e como aplicar essa técnica de maneira eficaz em seu treino de guitarra.

Aprendendo o método tapping

Você já entendeu que tapping é um método que consiste em ir martelando as cordas da guitarra usando a mão direita. A vantagem de usar o método é que, com a mão direita, você executa frases que apenas com a esquerda seria impossível fazer.

Dependendo do seu nível de experiência com a guitarra, é possível utilizar até 3 dedos para fazer o tapping. O dedo que estiver sendo utilizado no momento, pode ser posicionado em qualquer ponto do braço da guitarra onde o músico sinta necessidade de tocar.

 

É normal que, ao iniciar nessa técnica, você sinta que seus dedos ficam bastante doloridos. Isto acontece até com quem já tem anos de experiência tocando guitarra ou mesmo violão.

Mas o diferencial é a constância e dedicação. Continue praticando e aperfeiçoando-se cada vez mais. Além disso, quanto mais aplicar o método tapping em seus treinos, menos sentirá incômodo nos dedos, pois eles estarão mais adaptados às cordas e à técnica.

Aprendendo a aplicar o tapping em seus treinos de guitarra

Primordialmente, é bom que defina qual dedo será usado para realizar a técnica. Geralmente, o dedo mais usado é o dedo médio, mas muitos usam o dedo indicador.

O dedo médio é mais prático, pois caso esteja fazendo uso de uma palheta, o dedo médio estará livre para ser utilizado.

Para um começo, nada de complicarmos a realização da técnica.

Tome como exemplo a 2º corda. Posicione seu dedo na 5º casa e toque a corda. Após, realize um hammer-on para tocar a 8º casa.

Em seguida, toque com o dedo indicador direito a 12º casa da 2º corda também.

 

Uma dica é realizar o exercício anterior dentro de um padrão escala. Assim, você saberá exatamente quais cordas tocar. Quando tiver de memorizar escalas, isso te ajudará bastante.

Exercício para realizar o método tapping

Exercício das 2 notas

Aqui, utilizaremos apenas 2 notas para alcançar uma sincronia entre as mãos. Usaremos a 1º corda.

Com seu dedo indicador da mão esquerda, toque na 6º casa. Logo após, realize o tapping na 14º casa. Vá treinando nessa linha até conseguir tirar um som bem nítido da guitarra.

Comece devagar e aumente gradativamente a velocidade. Não foque apenas na velocidade de realização da técnica. Preste bastante atenção também na consistência do exercício.

Dicas de padrões que você poderá utilizar:

  • Arpejo de La Menor na 6º casa – com a mão direita, toque a nota Mi e, com a mão esquerda, toque as notas Dó e La.
  • Pode tocar igualmente notas da escala La Menor utilizando sua mão direita.
  • Arpejo de Mi Menor na 5º corda – assim como no arpejo de La Menor, utilize sua mão direta para tocar a nota Mi, e a mão esquerda para tocar as notas Dó e Lá.
  • Realizar alteração entre o arpejo de La Menor e o arpejo de Mi Menor. A digitação fica mais fácil dessa forma, pois estes arpejos têm o mesmo shape, em casas iguais. Aliás, o que muda é apenas a corda.

Agora, você já sabe o que é tapping guitarra. Chegou a hora de colocar em prática e se inscrever no melhor curso de guitarra que existe!

Tags: | | | | |

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.