Teoria musical: guia dos compassos musicais na guitarra

Teoria musical: guia dos compassos musicais na guitarra

Muitas pessoas que estão entrando no ramo da música agora ou que sentem vontade de entrar, muitas das vezes se perguntam sobre diversos conceitos presentes nesse meio. Logo, se você veio até aqui hoje, certamente você está em busca de ajuda para compreender melhor e saber o que é um compassos musicais, não é mesmo?

Sendo assim, você está no lugar certo, pois hoje, nós iremos reforçar um pouco sobre o que é um compassos musicais, apresentaremos a sua fórmula e alguns ritmos, além de lhe mostrar também alguns exemplos simples de compassos musicais, como defini-lo para uma música, além de abordarmos diversos outros pontos importantes sobre o compassos musicais que irão ajudar você a entender como ele funciona e com isso, ficar por dentro de tudo sobre ele.

O que são compassos musicais?

Os compassos musicais nada mais é do que um dos recursos mais importantes da música. O compassos musicais permite que o ritmo de uma música, além do seu pulso, possa ser definido.

O mesmo se dá através da unidade do tempo, a fórmula do compasso. Sendo assim, o compassos musicais é o que você irá utilizar para realizar a organização quantitativa da sua música, que será organizada exatamente utilizando a fórmula do compassos musicais.

Com isso, o compassos musicais envolve tempo e perfeição.

Isso porque, quando se trata de organização, o compasso consegue fazer com que a sua música seja dividida em tempos iguais e com isso, a mesma consegue manter o ritmo. Sendo assim, o compassos musicais é conhecido por seus intervalos de tempo.

O que é a fórmula do compasso?

Geralmente, em uma pauta musical, você vê dois números da parte inicial que estão juntos à clave e a armadura. Os dois números que aparecem na pauta possuem a função de estabelecer a pulsação de tal música.

Já a armadura na pauta, se trata de um dos recursos para ajudar a determinar certos acidentes que ocorrem por meio das escalas. Já a clave, se trata de algo que ajuda o músico a compreender a pauta e fazer sua leitura e determina o nome das notas e a altura.

Dentro do compassos musicais estão o compasso simples, compasso composto, compasso misto, compasso irregular, compasso binário, compasso ternário e o compasso quaternário.

Estude Música Online

Uma ótima dica para você que está começando a se interessar pelo ramo da música agora, é o de você optar por estudar música online. Isso porque, hoje em dia, a internet permite a você uma série de possibilidades totalmente incríveis e uma delas é poder realizar cursos online, sem a necessidade de sair de casa, onde você consegue ter aprendizado em diversas áreas e ramos. Sendo assim, uma opção para você é a de estudar música online, pois com certeza você terá um ótimo aprendizado.

Além disso, quando se trata de aprender em casa, você acaba se tornando bem mais confiante e seguro, pelo fato de poder ficar em um lugar reservado, só você e com isso, você terá maior tranquilidade para poder aprender, sem nenhuma pressão.

Com isso, vários são os sites online que permitem o oferecimento de cursos de música online, alguns pagos e outros são totalmente gratuitos. Então, não perca mais tempo e comece já o seu curso de música online.

Usando os compassos musicais para representar acordes

Existe a possibilidade de você conseguir utilizar o compasso como representação dos acordes, ao invés de cifras, por exemplo, onde a letra é acompanhada pelos acordes. No caso dos uso do compasso, a música ficará representada da seguinte forma:

Exemplo: Dm | G | C.

Dessa forma, na hora dos seus ensaios com a sua banda, você terá maior facilidade em enviar a música para os demais integrantes/músicos, exatamente porque não haverá a necessidade de enviar toda a letra.

Exemplo de compassos musicais

Na imagem apresentada acima, é possível visualizar que, para a organização dos compassos, o mesmo foi dividido em 4 semínimas. Sendo assim, dentro de cada um desses compassos, estão 4 semínimas.

Aqui, é possível ver que existem outras figuras, mas não significa dizer que não se trata de 4 semínimas. Só existe a alteração das figuras. Ou seja, quando dizemos que existem 4 semínimas em um só compasso, não estamos nos referindo ao uso exclusivo da figura da semínima.

Fração de compasso

Essa fração que vemos, nos permite determinar que a música possui cada um de seus compassos com 4 semínimas. Por que?

Se você estudou matemática, você deve saber que este é o denominador de uma fração. Logo, o denominador indica o número de semínimas. Nesse caso, cabem 4 semínimas em cada compasso.

Cada um desses números presente no denomi dor indicam:

  • 1 – Semibreve;
  • 2 – Mínima;
  • 4 – Semínima;
  • 8 – Colcheia;
  • 16 – Semicolcheia;
  • 32 – Fusa;
  • 64 – Semifusa.

Revisando as frações, temos:

  • 4/4 = Cabem 4 semínimas;
  • 4/2 = Cabem 4 mínimas;
  • 4/8 = Cabem 4 colcheias;
  • 2/4 = Cabem 2 semínimas;
  • 3/1 = Cabem 3 semibreves;
  • 5/32 = Cabem 5 fusas;
  • 7/2 = Cabem 7 mínimas.

Como definir um compasso para uma música

É possível que você consiga definir o compasso de uma música através da pulsação que a mesma possui. Logo, para saber mais, você pode procurar dicas na internet que poderão te ajudar com isso.

Ritmos

Confira alguns ritmos a seguir:

Ritmo nº 1:

1 sweep, 2 movimentos alternados, 2 movimentos alternados.

Esse tipo de ritmo é bastante utilizado em músicas sertanejas, rock e outras. Um exemplo de música que usa esse tipo de ritmo é a LAST KISS, do Pearl Jam.

Ritmo nº 2:

1 sweep, 1 ataque, 4 movimentos alternados, 1 ataque.

Utilizado nos mesmo tipos de músicas do anterior. Uma música que serve de exemplo para esse ritmo é a música Fácil, de Jota Quest.

Ritmo nº 3:

1 toque, 1 ataque, 2 movimentos alternados.

Esse é um tipo de ritmo que é utilizado em situações contrárias às que acabamos de criar, sendo muito utilizado no forró. Um exemplo é a música Xote da alegria, do Falamansa. Porém, com toque rápido pode ser utilizado para músicas country, como por exemplo Cowboy fora da lei, de Raul Seixas.

Ritmo nº 4:

1 sweep, 4 movimentos alternados, 5 alternados.

Semelhante ao número 1, esse ritmo é utilizado no rock, pop e em ritmos de balada. Porém, ele se torna mais agressivo. Um exemplo é a música Pescador de Ilusões, de O Rappa.

Ritmo nº 5:

1 ataque, 4 movimentos alternados.

Esse ritmo insiste em saber tocá-lo. Por isso, um segredo que ele possui é o de não dar pausas. Uma música que serve de exemplo é Chão de Giz, de Zé Ramalho.

Ritmo nº 6:

03 movimentos alternados (apenas para começar), 04 movimentos alternados. (para seguir até final).

Esse ritmo é utilizado em música de rock, sertanejo e no pop.Um exemplo é a música Malandragem, de Cássia Eller.

Ritmo nº 7:

Já o samba e a bossa nova não são interessantes com a utilização de palhetas. Observe:

 

P        I        P      I

 

I        M              M

 

M       A               A

 

A

 

 

Agora que voce sabe sobre compassos musicais Confira nosso curso clicando aqui.

Tags: | | | |

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.