Blog


Tocar um instrumento musical é algo realmente prazeroso, pois a música é uma arte, uma forma de expressão. Sendo assim, para quem gosta do som da guitarra é indispensável aprender a executar de forma perfeita a afinação da guitarra.

Inicialmente, a música é onde podemos colocar os nossos mais profundos sentimentos. Quando estamos tristes, uma canção nostálgica sai de nossos dedos, expressando nossa tristeza e melancolia.

Entretanto, para que o som seja agradável e os acordes atinjam o seu objetivo sonoro, é necessário realizar a afinação da guitarra. Afinal de contas, um instrumento desafinado irá produzir ruídos discrepantes.

Por que é importante realizar a afinação da guitarra?

 

Primeiramente, quando estamos começando a tocar guitarra, aprendemos a tocar os acordes. Bem como, esses acordes são uma composição de três ou quatro notas, dependendo da sua complexidade.

Desse modo, cada acorde é composto pela primeira, terceira e quinta nota de sua escala. Então, podemos visualizar nesse caso, a escala de Dó: Dó, Ré, Mi, Fá, Sol, Lá, Si.

Dessa forma, o acorde Dó é composto pelas notas, Dó, Mi, Sol que são a primeira, terceira e quinta de sua escala, respectivamente. Agora imagine que alguma corda não tenha participado da afinação da guitarra, e a nota

 

Como afinar a guitarra?

 

É possível que, com treino, o ouvido vai se ajustando, e vamos conseguindo atingir a afinação perfeita. Mas, apesar de essa ser a melhor forma de afinação, com a chegada da tecnologia passaram a existir outras maneiras de obter a afinação da guitarra.

Antes de entrarmos nas dicas, é importante primeiramente saber quais são os sons que cada uma das seis cordas deve emitir. Para isso, é necessário que estas permaneçam perfeitamente afinadas.

Deve-se partir das notas mais graves, que são as cordas de cima, até as mais agudas, que são as cordas de baixo. Dessa forma, você deverá encontrar as seguintes notas: MI-LÁ-RÉ-SOL-SI-MI, traduzindo para as cifras, E-A-D-G-B-E.

Dicas para realizar a afinação da guitarra com perfeição:

 

A primeira dica que vale mencionar, é conseguir a afinação da guitarra utilizando o diapasão. Dessa forma, quando você bate o diapasão sobre uma superfície qualquer e o deixa vibrar na vertical, o som que será produzido será um Lá.

Para entender isso pense que a primeira corda é o Mi, logo a nota Lá da primeira corda está na quinta casa. Por sua vez, a segunda corda é um Lá, dessa forma poderá ser tocada solta, e assim por diante.

Outra dica legal é para o processo de afinação da guitarra, é usar as técnicas das cordas adjacentes. Esse é um método utilizado para quem deseja treinar o ouvido e conseguir afinar a guitarra de forma manual.

Primeiramente, é preciso um ponto de referência, que pode ser usado com o auxílio do diapasão. Esse ponto deve ser a corda Mi, tocada na quinta casa, que representaria o som de Lá, idêntico ao som do diapasão.

E agora que você já sabe como são utilizados os métodos tradicionais, vamos falar sobre o afinador eletrônico.  Para efetuar o uso, basta fazer o download do app no celular e abri-lo para realizar a afinação.

As cordas deverão ser tocadas individualmente, sendo que você tocará a corda Mi mais grave, e o afinador irá apontar para a letra E. A mesma coisa deve ser feita com as demais, sendo a segunda indicada pela letra A, a terceira D, a quarta G, a quinta B e a sexta E.

Agora, você já sabe como executar corretamente a afinação da guitarra. Portanto, chegou a hora de colocar em prática e se inscrever no melhor curso de guitarra que existe!






Quem toca guitarra há muito tempo ou começou a treinar agora certamente já conhece as caixas de som para guitarras.

Isso porque, essas ferramentas são as responsáveis por amplificar o som de seu instrumento. Seja em ambientes profissionais ou até mesmo em ambientes domésticos.

Atualmente, existem diversas caixas de som disponíveis no mercado. Isso tudo para que você possa escolher qual o melhor modelo para você e assim produzir sons cada vez melhores com sua guitarra.

E é pensando nisso que, no texto de hoje vamos te mostrar 6 modelos de caixas de som para guitarras. Confira.

6 melhores caixas de som para guitarras

 

Confira agora a lista das melhores caixas de som para guitarras:

Caixa Amplificadora TRC 362

Essa caixa de som é perfeita para aqueles que desejam tocar com o som o mais alto o possível.

Isso porque, ela é portátil além de ter conexão sem fio. O que faz dela a caixa perfeita para os que desejam tocar guitarra.

Fender – Hot rod Deluxe III

Esse amplificador da conhecida marca Fender faz muito sucesso entre os guitarristas profissionais. Logo, se você já toca há algum tempo ou tem um pouco mais de conhecimento acerca deste tipo de produto, certamente já deve conhecer esse modelo.

Sua popularidade é tamanha que a marca Fender já lançou três atualizações deste modelo. Visando sempre a melhoria da Hot rod Deluxe.

Caixa amplificadora JBL DJ Xpert J2515

O terceiro modelo que destacamos aqui é a Caixa amplificadora JBL DJ Xpert J2515, modelo da conhecida marca JBL.

Além de ser fácil de ser transportada, essa caixa de som tem conexão bluetooth e entradas para variados instrumentos.

 

Caixa amplificadora TRC 329

Outro modelo da marca TRC é a Caixa amplificadora TRC 329. Essa caixa é extremamente compacta, o que facilita o seu transporte.

Além disso, ela tem entrada bluetooth e entrada para diversos instrumentos.

Amplificador para Guitarra Marshall MG10CF

Essa é a empresa líder em fabricação de amplificadores no mercado. O modelo Marshall MG10CF tem alto-falantes de 6,5 polegadas e é um dos mais conhecidos e recomendados do mercado.

Para além disso, os amplificadores deste modelo ainda possibilitam a saída de som pelo fone de ouvido e entrada para CD e MP3.

Amplificador para Guitarra Borne Vorax 840

Esse modelo de amplificador também é um dos mais conhecidos dentre os guitarristas profissionais.

Ele possui alto-falante de 12 polegadas e saídas para mesa de gravação. Além disso, ele ainda conta com entradas para fones de ouvido.

Caixas de som para guitarras: saiba quais são as 6 melhores

 

Neste texto nós mostramos quais são as 6 melhores caixas de som para guitarras.

Se você deseja conhecer ainda mais sobre esse incrível instrumento, começar a praticar ou ainda se aperfeiçoar mais não deixe de conhecer os cursos da MB.

Nós temos cursos que vão desde o inicio até mesmo ao mais avançado nível de guitarras. Todos preparados pelo professor Marcelo Barbosa, guitarrista da banda Angra com mais de vinte anos de experiência em guitarra.






Todo guitarrista quer deixar a sua marca, ou seja, ter seu próprio estilo para que as pessoas o reconheçam apenas ouvindo um solo. Com os guitarristas famosos, não é diferente, assim sendo, cada um tem a sua guitarra preferida.

Saiba que não há como falar que um guitarrista é melhor que o outro se eles não fizerem parte do mesmo universo.

Estilos musicais diferentes necessitam de habilidades e guitarras com características diferentes. Por isso, é preciso levar essas questões em consideração quando conhecer as guitarras preferidas dos guitarristas famosos.

Guitarristas famosos e suas guitarras

 

 

Jimi Hendrix

A guitarra que marcou a carreira de Jimi Hendrix foi uma Fender Stratocaster branca.

O guitarrista ficou conhecido por queimar ou destruir seus instrumentos durante as apresentações.

Em 1967 Jimi Hendrix colocou fogo em uma Fender em um show ao som da música “Fire”.

B.B King

B.B King como é conhecido o guitarrista Riley Ben King, quase perdeu a vida tentando salvar a sua guitarra Gibson L-30.

Em 1949 em uma apresentação, dois homens iniciaram uma briga, e com isso derrubaram um balde de querosene.

O acontecimento provocou um incêndio e todos precisaram sair do clube, foi quando B.B King percebeu que esqueceu a sua Gibson e voltou para buscá-la.

No outro dia B.B King soube que a briga aconteceu por uma mulher chamada Lucille, logo, batizou a sua guitarra com o mesmo nome.

Jimmy Page

A paixão de Jimmy Page foi oferecida por Joe Walsh (guitarrista dos Eagles) em 1969, uma Gibson Les Paul 1959.

O som dessa guitarra marcou presença em todos os discos do Led Zeppeling.

Jimmy Page batizou outro exemplar da Gibson de “Number Two”.

Kurt Cobain

A companheira de Kurt Cobain era uma guitarra Univox Hi-Flyers.

Em uma apresentação do Nirvana o guitarrista quebrou uma guitarra 68 Hi Flyer Custom.

Brian May

A guitarra Red Special de Brian May com certeza tem uma história muito especial.

Em 1960 por não ter condições financeiras para comprar uma guitarra, Brian May e seu pai, decidiram construir uma. Então, usaram a moldura de uma lareira, peças de uma motocicleta e da máquina de costura da mãe, assim como o carvalho de uma mesa.

A Red Special foi companheira do guitarrista por mais de 30 anos até ficar debilitada. Com isso Brian May replicou o instrumento e começou a comercializar a sua própria linha.

Como escolher uma guitarra?

Para escolher a sua guitarra é necessário pensar em alguns fatores como, por exemplo, o estilo musical, peso, material, braço e outros.

Como você viu os guitarristas famosos tem preferência por marcas e modelos diferentes, assim sendo, não há modelo certo ou errado.

É preciso testar alguns modelos e ver com o qual você mais se identifica e se sente confortável tocando. Desse modo, você será capaz de ter o seu próprio estilo tocando guitarra. Claro que para que isso aconteça você precisa dominar as técnicas da guitarra.

 

 

Uma delas é o Tapping, inclusive é a técnica mais utilizada pelos guitarristas modernos.

Como dominar o Tapping

No Intensivo de Tapping do Marcelo Barbosa (Guitarrista das bandas Angra, Almah e Zero10) você aprende a dominar essa técnica.

Além disso, você vai aprender 15 licks com o uso da técnica de Tapping, com um guitarrista com mais de 20 anos de experiência.

Na MB Guitar Academy (Escola Online de Guitarra do Marcelo Barbosa), os cursos possuem didática simples e direta, além da aplicação prática.

Faça como mais de 2800 alunos e seja discípulo de um dos melhores guitarristas do Brasil. Confira todos os cursos do Guitarrista Marcelo Barbosa Clique aqui.

 

Desse modo, não se esqueça de entrar em contato conosco se desejar conhecer outros guitarristas famosos e suas guitarras.






Existem alguns tipos de acessórios para guitarra que todo guitarrista deve conhecer. Vejamos a seguir os acessórios que são indispensáveis.

Os acessórios para guitarra podem servir para melhorar o som do instrumento. Como também podem fornecer mais brilho ao verniz, ou ajudar o músico a tocar com mais facilidade.

As cordas por exemplo, são de extrema importância na guitarra, obviamente porque sem cordas não existiria a música. E ainda, dependendo do material que é feito e de sua grossura, elas podem interferir no som.

O que poucas pessoas sabem é que existem diversas variações de modelos, materiais de fabricação. Bem como todos os outros acessórios para guitarra, que podem se adequar com um determinado estilo.

Principais acessórios para guitarra:

Alicate de cordas: O alicate de cordas é um algo essencial quando precisamos trocar as cordas de nossa guitarra. Dessa forma, é necessário um alicate de boa qualidade, que forneça facilidade e rapidez.

Mas, para que isto ocorra você tem que saber quais são as ferramentas corretas para cada determinada parte do processo. Caso as cordas da guitarra venham com um tamanho maior do que o necessário.

Utilize o alicate para cortar as cordas, pois é um algo muito bom para melhorar o processo de afinação. Cortas o excesso de cordas, deixará o instrumento mais belo, sem as cordas amontoadas na cabeça de seu instrumento.

Manivela de cordas: este é um acessório para guitarra que nos traz rapidez e facilidade e que são primordiais na hora de trocar as cordas. Dessa forma, pode-se deixar somente com o trabalho de afinar as cordas manualmente.

E ainda, a manivela nos permite deixar a corda na pressão correta em que deve estar. Para isto, basta somente girar as alavancas até que a corda tenha pressão suficiente para deixa-la na tonalidade certa.

 

 

Afinadores: existem inúmeras maneiras de se afinar um instrumento, diversas pessoas utilizam afinadores online ou até mesmo aplicativos. Toda via, afinar seu instrumento com um dispositivo feito para isso, obviamente será melhor e mais confiável quanto à afinação.

Acessórios para guitarra indispensáveis para quem está começando:

Inicialmente temos o capotraste, que é um acessório que ajuda bastante os guitarristas inexperientes. Este por usa vez, pode ser colocado em qualquer casa no braço da guitarra, formando uma pestana naquela devida casa que especificamente encurta a escala.

 

Guarda palhetas: este é um dos múltiplos acessórios importantes para um guitarrista, porque se trata da palheta que são essenciais. Todavia, sabemos que elas são facilmente perdidas, logo, para que tenha sempre uma palheta em seu bag, é preciso utilizar o guarda palheta.

Bem como, este é parecido com uma caixinha normal, mas seu grande diferencial é que ele utiliza um sistema simples de molas. Dessa forma, isso permite que o músico possa pegar a palheta com total rapidez e facilidade.

Suporte para guitarra: este acessório para guitarra, é muito importante embora nem sempre seja tão valorizado. Isso porque, cada guitarra tem sua devida forma de ser guardada e seu suporte ideal, para que não quebrem e nem sejam danificadas.

Sem seguida temos os cabos, que são totalmente necessários caso você pretenda ligar sua guitarra em um amplificador. Bem como, ter um cabo de má qualidade irá lhe trazer prejuízos, podendo se soltar e até mesmo fazer barulhos como ruídos indesejáveis enquanto estiver tocando.

 

Um cabo ruim pode prejudicar o timbre, causar a morte de frequências sonoras e parar de funcionar na hora mais indesejada possível. Todos eles são muito úteis e você acabará precisando deles cedo ou tarde.

Portanto, não espere o momento inoportuno para que você precise comprar estes acessórios para guitarra, ande sempre equipado. E não se esqueça, para se tornar um guitarrista de sucesso se inscreva já no melhor curso de guitarra!

 






É importante aprender sobre escalas para tocar guitarra? É importante sim. Vejamos agora dicas sobre as escalas.

 

Quem está aprendendo a tocar esse instrumento musical pode ficar com essa dúvida, o que é algo bem comum. As escalas da guitarra são importantes para a música, pois, uma música é feita com base numa escala, seja ela menor, maior, escala de blues, entre outras.

Mas, para que você entenda melhor a importância de aprender escalas para tocar guitarra, abordaremos um pouco mais sobre ela. Ao longo desse artigo, citaremos como, quando, e onde aplica-las.

As escalas da guitarra possuem muitas utilidades para quem está estudando guitarra. Como também, é importante conseguir aplicar as escalas enquanto toca a guitarra, para conseguir produzir uma melodia correta.

 

 O que são escalas da guitarra?

 

Falando de um modo bem simples, as escalas são um conjunto de notas que se baseiam num tom, numa nota musical. Por exemplo, tomando como base a nota C, temos a sua escala maior, que é a escala de Dó Maior.

Em seguida, observe as notas C – D – E – F – G – A – B – C, e note que a última nota é a repetição da primeira. Dessa forma, é possível formar assim, o que chamamos de oitava.

Essa escala é conhecida como diatônica, e não por acaso, uma escala segue uma sequência definida. Da mesma forma, faz o uso de intervalos, ou seja, a distância entre uma nova e outra que pode ser de um tom ou meio tom/semitom diferentes.

Uma das utilidades das escalas da guitarra é quanto a formação de acordes, já que um acorde é formado a partir das notas das escalas.  Assim, no caso de C, o acorde de dó, foi formado com base na escala diatônica de dó, onde foram escolhidas as notas 1, 3 e 5, C – E – G.

Como também, se pegarmos a partir da quinta nota dessa escala (G), seguindo o mesmo exemplo anterior, teremos as notas G – B – D. dessa forma, formam o acorde de G maior (o qual pode ser usado numa sequência de acordes para o tom de C.

Você pode fazer isso com os acordes seguintes, e terá os acordes maiores e menores que fazem parte de dó maior. Saber quais acordes soam bem numa sequência é também função das escalas, já que é partir da escala da guitarra que sabemos quais farão parte de uma progressão.

Aprender as escalas da guitarra para a composição musical:

 

Aprender sobre escalas para tocar guitarra também ajuda na melhora da sua criatividade. Dessa forma, isso lhe proporcionará uma vantagem incrível quanto a tempo e também agilidade na hora de improvisar.

Sob o mesmo ponto de vista, também elimina a limitação de ter que ficar jogando notas e tentando adivinhar se ele vai ficar boa ali ou não.  Ou seja, você conseguirá ampliar seu vocabulário musical.

Afinal, todas as ideias musicais derivam das escalas, logo, se você quer criar músicas, não há como fugir das escalas. Para evitar ficando catando e jogando notas até encontrar aquelas que cairão bem no seu improviso, aprenda as escalas da guitarra.

 

Melhorando sua agilidade para tocar:

 

Sim, as escalas também são importantes para melhorar a sua agilidade ao fazer solos. Do mesmo modo, quando se estuda as escalas, você acaba fazendo a digitação delas na guitarra usando um metrônomo.

Essa prática irá fortalecer sua mão e também melhorar a sua coordenação motora ao tocar.  Além do que, essa é uma das melhores formas de conhecer o braço da guitarra, e conseguir explorar o seu instrumento, que lhe dará novos horizontes para improvisar.

Essas são apenas algumas das utilidades das escalas musicais para o guitarrista. E conforme você for se aprofundando no estudo dela verá que deveria ter aprendido sobre elas muito antes.

É por isso que aqui, conta com o melhor curso de guitarra, assim você se aprofunda num estilo que gosta. E, portanto, vai aprender da melhor forma e por meio de um material completo.






TOP

MARCELO BARBOSA is proudly endorsed by:

MARCELO BARBOSA is proudly endorsed by: